Festival no Rio reúne gastronomia e cultura de refugiados

agencia-combo-design-festival-no-rio-reune-gastronomia-e-cultura-de-refugiados

Via: IstoÉ

 

Com comidas típicas, performances, artesanato e oficinas, refugiados que vivem no Rio de Janeiro celebraram a cultura de seus países no Rio Refugia, festival gastronômico, cultural e social em sua segunda edição na cidade. Neste ano, o evento foi organizado no Sesc Tijuca, na zona norte do Rio de Janeiro.

Comidas típicas de países como Haiti, Síria, Congo, Venezuela, Índia, Nigéria e Camarões estavam à venda em barracas. O público formou filas para provar iguarias como o as típicas arepas dos venezuelanos, principais solicitantes de refúgio no Brasil, em 2017, ao lado de cubanos e haitianos.

Entre os refugiados da África, o Brasil também recebe oriundos do Senegal, como Amina Nangob, que vive no Rio de Janeiro há seis anos. No evento, ela vendia roupas e acessórios de estilo africano.

Com comidas típicas, performances, artesanato e oficinas, refugiados que vivem no Rio de Janeiro celebraram a cultura de seus países no Rio Refugia, festival gastronômico, cultural e social em sua segunda edição na cidade. Neste ano, o evento foi organizado no Sesc Tijuca, na zona norte do Rio de Janeiro.

Comidas típicas de países como Haiti, Síria, Congo, Venezuela, Índia, Nigéria e Camarões estavam à venda em barracas. O público formou filas para provar iguarias como o as típicas arepas dos venezuelanos, principais solicitantes de refúgio no Brasil, em 2017, ao lado de cubanos e haitianos.

Entre os refugiados da África, o Brasil também recebe oriundos do Senegal, como Amina Nangob, que vive no Rio de Janeiro há seis anos. No evento, ela vendia roupas e acessórios de estilo africano.

*Colaborou a repórter Tâmara Freire, das Rádios EBC

 

Fonte: IstoÉ | www.istoedinheiro.com.br
Postado por: Agência Combo Design | www.agenciacombodesign.com.br

Posted by Agência Combo Design in : Gastronomia, Nenhum Comentário

Deixe um comentário