Tratamento de imagens em fotos de alimentos

fotos-de-alimentos-tratamento-de-imagens-1

O tratamento de imagens faz parte do mundo da fotografia, sendo uma importante ferramenta para corrigir imperfeições no momento do clique e até como forma de destacar determinados aspectos nas imagens capturadas.

Nas fotos de alimentos a aplicação de técnicas que busquem aprimorar a imagem é fundamental para alcançar resultados que cumpram o objetivo da mesma, geralmente associado em despertar vontades e desejos sobre quem as visualiza.

Vale ressaltar, no entanto, que no momento de realizar o tratamento das imagens de alimentos é preciso tomar muito cuidado para que não sejam modificados alguns aspectos essências do prato, como coloração e tamanho, evitando assim proporcionar uma experiência frustrante a quem o solicitar em seu estabelecimento.

Cuidados no tratamento de imagens em fotos de alimentos

Com a popularização de aplicativos e redes sociais que permitem o compartilhamento de imagens de um momento para outro fomos bombardeados com uma grande quantidade de fotografias de alimentos, dos pratos gourmets ao tradicional arroz com feijão.

No entanto, não é difícil observar que grande parte das imagens compartilhadas por pessoas do mundo todo pecam por sua qualidade. Isso ocorre porque fotografar alimentos exige um alto grau de conhecimento e técnicas de fotografia para obter resultados profissionais.

Já falamos aqui mesmo em nosso blog, por exemplo, da importância em realizar uma produção atrativa antes de fotografar, mas outros aspectos como a luz, foco e nitidez, por exemplo, são fundamentais.

No momento em que o fotógrafo está realizando seu trabalho pode não encontrar as condições ideais para realizá-lo, ou ainda: quando abre as imagens na tela do computador percebe imperfeições que haviam passado despercebidas.

A utilização de softwares de edição de imagens, como o conhecido PhotoShop , serve como uma arma para alcançar resultados melhores, corrigindo imperfeições destacando aspectos e até mesmo dando forma a foto.

Para isso o profissional deve pensar nos aspectos técnicos como calibração de cor, ajuste de luz, nitidez e até a correção de imperfeições nos alimentos, mas também nos aspectos artísticos podendo realçar sombras, maior desfoque no fundo, etc.

Em caso de optar por utilizar filtros pré-definidos deve se atentar sempre para que o uso dos mesmos não provoque grandes alterações nos aspectos dos alimentos, como sua textura e principalmente cor.

Imagine que você vai a um restaurante japonês e no cardápio salta aos olhos aquele salmão de forte cor alaranjada, provocando desejo imediatamente. Faz o pedido e quando chega o prato… Aquela cor viva que remetia a frescor virou um laranja opaco comum.

O exemplo acima, contudo, não tira a importância em realizar o tratamento de fotografias de alimentos, sendo possível obter resultados incríveis que provocam ainda mais vontade em seus clientes, para isso utilizar sempre o bom senso evitando criar imagens que não correspondem a realidade.

Continue nos acompanhando para saber mais!

Dúvidas ou sugestões? Deixe um comentário!

Até a próxima!

Postado por: Agência Combo Design | www.agenciacombodesign.com.br

Posted by Agência Combo Design in : Bar Bistrô Cafeteria Casa de Chá Casa de Doces Cervejaria Churrasco Confeitaria Delicatessen Empório Fast Food Food Truck Gastronomia Hamburgueria Lanchonete Padaria Restaurante Sorveteria, Nenhum Comentário

Deixe um comentário