Gastronomia: 5 mandamentos essenciais para ser um bom chef de cozinha

Via: Uninassau

agencia-combo-design-gastronomia-5-mandamentos-essenciais-para-ser-um-bom-chef-de-cozinha

Cozinhar é como um espetáculo: requer organização, treino, dedicação, conhecimento e amor para que, no final, os cinco sentidos o aplaudam de pé.  Sendo assim, elaborar bons cardápios, seguir a risca os preparativos de uma receita e até supervisionar uma equipe completa na cozinha, exige esforço.

Todas essas funções são atribuídas a um chef de cozinha que, antes de exercer tal função, é um cozinheiro e precisa de várias habilidade para assumir a liderança na gastronomia. Pensando nisso, separamos 5 mandamentos essenciais que todo bom gastrônomo precisa saber. Confira!

1-Seja criativo

Um dos principais diferenciais de um chef é a criatividade. Saber utilizar os ingredientes que possui para a construção de um prato e reinventar sabores, na ausência ou substituição de itens é primordial na gestão de uma cozinha.

Além disso, fugir do tradicional e experimentar sabores são toques essenciais. Por exemplo, desenvolver um prato visto como salgado, com ingredientes que contêm açúcar. As construções impensáveis também podem trazer menus surpreendentes.

2-Erros vão acontecer, saiba lidar com eles

Ninguém nasce sabendo. E até conseguir chegar à perfeição para elaborar bons pratos e deliciosos sabores, além de buscar uma carreira consolidada, muitos erros vão acontecer. No entanto, persistir na tentativa de acertar, se desafiar e correr riscos é uma atitude primordial para alcançar o sucesso.

Toda dedicação requer práticas, estudos de sabores e muita paciência. Como todo e bom profissional, vale escolher viver como aprendiz, e procurar se atualizar sempre, descobrir ingredientes da gastronomia que pretende atuar e de várias partes do mundo.

3-Seja líder e não chefe

Como toda profissão, apresentar liderança sem autoritarismo é fundamental para um bom gastrônomo. Por isso, entender a equipe, saber delegar tarefas, bem como valorizar a função e a importância de todos na cozinha é imprescindível para um bom trabalho. Um chef não deve assumir para si toda a responsabilidade dos projetos, mas sim dar autonomia a cada um de sua equipe para executar as respectivas funções,além de incentivar todos a serem cada vez melhores. Afinal, não se constrói nada sozinho e essa harmonia reflete diretamente no resultado dos pratos e toda evolução que ele engloba.

4- Mantenha-se atualizado

Tornar-se um chef de cozinha é um título a ser obtido depois de vários processos. Para isso, além de ter formação na área, ao longo da carreira, é preciso passar por diversas experiências para se tornar um bom chef. Manter-se antenado com as novidades do mundo gastrô, festivais, congressos e afins, bem como ser aberto a diversos sabores são algumas iniciativas necessárias.

Também é importante conhecer os cardápios e ingredientes que você não gosta tanto. Isso serve para ampliar o nível de entendimento de misturas para construção e aprimoramento de pratos. A regra principal é: quanto mais se aprende, mais se conhece.

5- Seja apaixonado pelo que faz

Sabe aquela frase famosa do filósofo francês, Confúcio: “escolha um trabalho que você ama e você nunca terá que trabalhar um dia sequer na vida” ? Na gastronomia cai tão bem quanto o avental e o toque blanc (chapéu). Isso porque fazer o que gosta é o tempero dos negócios de grandes sucessos. Seja positivo na área que deseja seguir e mergulhe no objetivo da conquista de paladares. Essa é, sem dúvidas, a melhor maneira de crescer profissionalmente, tornar-se um bom chef e conquistar os cinco sentidos de qualquer cliente de ótimo paladar.

Fonte: Uninassau | www.uninassau.edu.br
Postado por: Agência Combo Design | www.agenciacombodesign.com.br

Posted by Agência Combo Design in : Dicas, Nenhum Comentário

Deixe um comentário

  • Últimos Posts

  • Últimos Comentários

  • Arquivos

  • Categorias