A importância de um cardápio vegetariano

Via: Goomer blog

agencia-combo-design-a-importancia-de-um-cardapio-vegetariano

Antigamente era bastante incomum encontrar pessoas vegetarianas. Hoje em dia, entretanto, esse cenário tem mudado bastante, pois esse público vem crescendo com o passar dos anos. Oferecer um cardápio vegetariano pode demonstrar atenção com esse grupo de pessoas, além de trazer benefícios para o restaurante. Mas, antes de falarmos sobre o cardápio, vamos conhecer melhor quem são essas pessoas?

Eis os vegetarianos

Segundo uma pesquisa realizada pelo Ibope em 2012, 8% da população brasileira se declarava vegetariana, número que está em crescimento desde então, segundo outros estudos. De forma geral, vegetarianos são aqueles que não consomem nenhum tipo de carne bovina, suína, frango, frutos do mar, etc., ou seja, nenhuma carne de origem animal. Mas existem ainda diferentes categorias de vegetarianos:

  • Ovolactovegetarianos: Não consomem carne, mas consomem ovos, laticínios e derivados (iogurtes, queijos, leite, etc.)
  • Lactovegetarianos: Além das carnes, não consomem também ovos, mas consomem laticínios e derivados.
  • Vegetarianos restritos: Além de não consumirem a carne, não consomem ovos, nem laticínios, nem derivados.

Benefícios da comida vegetariana

Incluir no cardápio opções de comida vegetariana demonstra que esse público é especial e bem vindo em seu estabelecimento, além de trazer benefícios como:

  • Diminuição no custo: como a carne geralmente é um dos ingredientes mais caros do cardápio, oferecer opções com legumes e vegetais pode apresentar uma redução no custo do prato.
  • Novos clientes: esse tipo de comida nem sempre é fácil de encontrar, ainda mais preparada com ingredientes de qualidade. Saiba que com essa nova opção poderá conquistar novos clientes e deixá-los muito satisfeitos.
  • Não restrição ao público-alvo: como as comidas vegetarianas podem ser consumidas por não vegetarianos também, acrescentar pratos vegetarianos não ocasionará a restrição do público.

Dicas para preparar o cardápio

Para criar um cardápio vegetariano de sucesso, o segredo é usar e abusar de verduras, legumes, frutas, oleaginosas, cereais e leguminosas em variados pratos, inclusive quentes, já que em dias frios comer alimentos gelados não proporciona tanto prazer. Quer alguns exemplos? Vamos lá: legumes gratinados ao molho, mini-hambúrguer de grão-de-bico, caponata de legumes, lasanha de berinjela com queijo, salada de feijão, tomates recheados, entre outros.

De sobremesa, boas opções são as frutas, que auxiliam na digestão, fornecem energia, vitaminas e nutrientes e têm valor de calorias reduzido. Sugestões: frutas cristalizadas, salada de frutas ou apenas as frutas cortadas. Se deseja fazer algo a mais, acrescente a opção de um minibuffet de cereais como aveia, chia e flocos de quinoa.

Independentemente do que você for escolher acrescentar em seu cardápio, lembre-se que:

  • Dispor a lista de pratos vegetarianos em uma sessão especial do seu cardápio pode facilitar a escolha daqueles que optam por essa restrição alimentícia.
  • Informar no resumo do prato a ausência de carne, assim como de lactose e glúten pode facilitar a escolha também.
  • Como existem diferentes tipos de vegetarianos, dispor a lista de ingredientes utilizados em cada prato faz com que cada um verifique se aquela alternativa é permitida em sua dieta ou não (pode não conter carne mas conter ovos, por exemplo).
  • E caso o prato pretendido tenha algum ingrediente indesejado, como a carne no feijão ou o frango na salada caesar, permita que o cliente solicite ajustes em seu prato, optando pela retirada do que não desejar comer.
  • Mantenha seu cardápio com informações atualizadas, caso mude os ingredientes de algum prato, e acrescente fotos reais dos pratos, para que nenhum cliente seja surpreendido de maneira ruim.

Fonte: Goomer blog | www.blog.goomer.com.br
Postado por: Agência Combo Design | www.agenciacombodesign.com.br

Posted by Agência Combo Design in : Dicas Restaurante, Nenhum Comentário

Deixe um comentário